Testamento solidário

E se a sua solidariedade pudesse durar para sempre?

Testamento Solidário

Uma forma simples de ajudar

O testamento solidário consiste em incluir uma ou mais ONG no seu testamento, deixando uma parte do seu património (herança) ou um bem específico (legado), sem prejudicar a parte dos seus legítimos herdeiros. As ONG não estão sujeitas ao imposto sucessório, pelo que a doação será totalmente destinada ao trabalho do ACNUR, junto de pessoas refugiadas.

Generosidade, compromisso, não-conformismo e empatia são valores que nos movem a agir. A sua vontade pode ser um instrumento que reflete estes valores e os converte em ajuda direta às respostas do ACNUR no futuro. Portanto, quando tomar esta decisão, está a eternizar a sua solidariedade.

"Porque admiro muito o trabalho do ACNUR e sei como continuará a ser necessário, encorajo aqueles que estão solidários a descobrir sobre esta simples alternativa."
Aránzazu, Espanha, 41 anos de idade

Como é que a sua herança pode fazer a diferença

3.300 €
1 mês de tratamento de desnutrição para 110 crianças.
12.000 €
Escolaridade anual para 600 crianças na escola básica.
55.000 €
Abrigos elevados para proteger 100 famílias de inundações.
120.000 €
Tendas de emergência para 333 famílias.
 
"Como não tenho herdeiros diretos, quero deixar a minha herança ao ACNUR para que, quando eu já não estiver no mundo, o mundo seja um pouco mais justo."
Ramiro, 49 anos de idade, Espanha

.

Porquê fazer um testamento solidário?

Sem herdeiros legítimos ou testamento, os seus bens passariam para o Estado. É um ato de responsabilidade e liberdade que pode fazer em qualquer idade de uma forma simples e é um exemplo de coerência ética quando inclui no seu testamento, para além da sua família, o apoio às pessoas refugiadas e a quem deseja continuar a ajudar.

Porquê incluir o ACNUR no seu testamento solidário?

Porque com o ACNUR assegura-se de que continua a proteger as pessoas refugiadas. A cada minuto, 24 pessoas em todo o mundo são forçadas a fugir das suas casas. Mais de 100 milhões de refugiados e pessoas deslocadas perderam tudo. Vivemos uma situação sem precedentes.

O que se pode deixar aos refugiados?

Pode doar no seu testamento, tanto quanto desejar e for possível para si, tal como pode durante a sua vida. Não é necessário ter uma grande propriedade porque qualquer contribuição é valiosa e terá um impacto na vida dos refugiados.
 
ÁREA DE TESTAMENTO SOLIDÁRIO
QUER MAIS INFORMAÇÕES?
Se desejar mais informações ou confirmar a sua decisão de incluir o apoio às pessoas refugiadas no seu testamento, terei todo o prazer em ajudar pessoalmente. Bárbara Moreira, Angariação de Fundos a Particulares e Legados
 
 
ÁREA DE TESTAMENTO SOLIDÁRIO
"Sou sensível ao sofrimento e faço a minha parte em vida e quero fazê-lo até ao fim, e para além dela.”
Olga, Madrid, 47 anos de idade

.

Porque é que o ACNUR merece a sua confiança?

Mandato único

O ACNUR foi criado por decisão da ONU em 1950. O seu mandato é assistir e proteger refugiados e pessoas deslocadas à força em todo o mundo.

Transparência

Tanto o ACNUR como A Fundação Portugal com ACNUR são organizações regidas por critérios rigorosos de rigor, transparência e utilização eficiente dos fundos.

Equipa

De cada doador a cada trabalhador de campo que presta a ajuda na linha da frente, somos uma grande equipa da qual nos orgulhamos de fazer parte e onde todos são necessários.
 
"Ao incluir o ACNUR no meu testamento, dei continuidade à minha colaboração de longa data".
José Vicente, Espanha, 60 anos de idade.