Compromisso do ACNUR: proteger as pessoas refugiadas, deslocadas e apátridas

Mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo foram forçadas a fugir das suas casas. Isto equivale a 1,3% da população mundial.

100
milhões de pessoas deslocadas à força.
135
países têm uma presença ativa do ACNUR.
72
horas são suficientes para enviar ajuda para qualquer parte do mundo.
 

85% de todos os fundos angariados vão diretamente para operações do ACNUR no terreno.

7% são atribuídos a programas globais, ajudando refugiados, deslocados internos, requerentes de asilo e pessoas apátridas ao abrigo do mandato do ACNUR em todo o mundo e 8% são para a estrutura central.

Conhecer em primeira mão a realidade das pessoas refugiadas

Filippo Grandi
Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados
Ninguém escolhe ser um refugiado. Ser sujeito a violência ou perseguição por ser quem é. Ou apanhado num conflito do qual se deve fugir, forçado a viver com a angústia do exílio.
António Guterres
Secretário-geral das Nações Unidas
Aqueles que já estão a ficar para trás, ficarão ainda mais para trás. As perturbações climáticas já estão a causar deslocações em todo o mundo.